Foto: Seciju

No início da tarde desta segunda-feira (02), O suspeito de assalto Ismael Alves da Silva, de 25 anos, fugiu do Hospital Regional de Araguaína (HRA). Ele aguardava cirurgia, mas conseguiu escapar pela janela do banheiro e fugiu de mototáxi.

NOTA DA SECIJU

A Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), por meio do Sistema Penitenciário e Prisional do Tocantins (Sispen/TO), informa que o reeducando Ismael Alves da Silva, 25 anos, estava em tratamento de saúde no Hospital Regional de Araguaína (HRA) após ter sido alvejado durante tentativa de assalto, circunstância essa que o levou a ser preso, dando entrada na Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA) no dia 07 de agosto de 2019. Em seguida o reeducando foi encaminhado para o hospital para que pudesse receber tratamento médico. Atualmente, o interno estava sob os cuidados do serviço da ortopedia (fratura de fêmur) e acompanhado de escolta. No entanto, no início da tarde desta segunda-feira, 02, o reeducando pediu permissão para ir ao banheiro e evadiu por uma janela do hospital.

Neste momento, todas as forças de segurança do Estado estão em diligências pela região no intuito de localizar e recapturar o foragido que ainda se encontra com a saúde debilitada. Com foco na recaptura, o Sispen também está divulgando foto do foragido, para que a sociedade possa cooperar junto às forças policiais nesta ação.

A Seciju esclarece que adota protocolos para escolta de reeducandos que são submetidos ao atendimento hospitalar, sendo o Agente de Execução Penal responsável pela realização da escolta. O servidor deve trajar uniforme oficial e respeitar as normas da administração da unidade hospitalar, sem prejudicar a segurança do local. O agente também deve manter o indivíduo privado de liberdade no seu campo de visão sem afastar-se do posto de trabalho sem prévia notificação, além disso, o reeducando sob vigilância deve permanecer algemado. A pasta irá instaurar um Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) para apurar as circunstâncias e responsabilidades do ocorrido.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.