A Assembleia Legislativa aprovou nesta quarta-feira, 20, em sessão ordinária, o Projeto de Lei que declara de utilidade pública estadual a Sociedade Brasileira de Cardiologia Seção Tocantins (SBC/TO). A proposta é de autoria da deputada, Luana Ribeiro (PDT).

Com a aprovação, a entidade poderá firmar convênios com entes públicos e privados, além de receber emendas parlamentares, por exemplo.

Segundo o Dr. Andrés G. Sánchez, cardiologista intervencionista e presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia, Sessão Tocantins, o objetivo principal da Sociedade de Cardiologia do Estado do Tocantins é de difundir conhecimentos cardiológicos aos médicos não cardiologistas e para todas as equipes multidisciplinares do Estado. “Temos cumprido com este objetivo nestes 19 anos de atividade, desde a primeira Jornada Tocantinense de Cardiologia, em 1998 e desde o nosso primeiro Congresso Estadual, em 2006, até o presente momento. Também temos realizado múltiplas campanhas educativas em prol da prevenção das doenças cardiovasculares, que são as primeiras causas de morte e incapacidade”, disse o médico.

Sobre a importância da aprovação do Projeto que tornou a entidade de Utilidade Pública, Dr. Andrés Sánchez comentou sobre o apoio de Luana Ribeiro e sobre a importância da iniciativa para a sociedade tocantinense. “Nestes últimos 12 meses, temos trabalhado intensamente a nível de Assembleia Legislativa com a participação da deputada estadual, Luana Ribeiro, e seu gabinete, representado pelo Dr. Rogério Ramos. O objetivo foi conseguir que a nossa Sociedade Estadual de Cardiologia, Sessão Tocantins, uma entidade sem fins lucrativos, receba a chancela de Utilidade Pública. Conseguimos esta conquista, que permitirá que a nossa organização não governamental, seja tratada de forma diferenciada em suas relações com o Poder Público Estadual, bem como candidatar-se a verbas para cursos e congressos científicos cardiológicos, direcionados a profissionais da saúde, programas de prevenção na área de cardiologia direcionados a população e outros projetos do governo Estadual ou Federal. Ou seja, um importante meio de fortalecer a nossa Sociedade Estadual de Cardiologia e com isto conseguir contribuir de forma significativa com a sociedade”, finalizou

Comentários do Facebook