Fissuras, ondulações e uma literal farinha de piche, além de tampar as “bocas de lobos dos bueiros da galeria de águas pluviais”. A má qualidade do asfalto realizado às pressas em Araguatins, norte do Tocantins, denuncia a falta de manutenção adequada por parte da Prefeitura.

Com os efeitos da primeira chuva, os problemas já anunciados pela população apareceram. De acordo com uma fiscalização realizada pelo advogado Alday Machado e divulgada em uma live na internet, o prefeito Cláudio Santana interessado na obra devido ao processo eleitoral derramou a farinha de piche sobre o asfalto leve e cobrindo bocas de lobos dos bueiros da galeria de águas pluviais, onde a água das chuvas e dejetos deveria escorrem pela tubulação, evitando alagamentos.

O advogado afirma que a obra desobedece totalmente a legislação concernente as obras públicas. Conforme denunciou, a obra do asfalto foi medida e já no outro dia a autorização para pagamento da referida medida no valor de R$ 400 mil. O valor tal do asfalto está orçado em torno de R$ 1.910,000.

Neste domingo, 23, moradores já sentiram os efeitos da obra mau feita, em um de vários vídeos que circulam nas redes sociais os araguatinenses reclamam da água invadindo suas residencias e alagando suas casas, causando prejuízos, confira:

Comentários do Facebook