Romaria do Bomfim em Natividade-TO

O presidente da Agência do Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), Tom Lyra, participou na manhã desta quinta-feira, 15, da tradicional Romaria do Senhor do Bonfim, no município de Natividade. O evento é considerado uma das maiores festas religiosas do Estado e atrai romeiros vindos de várias partes do Tocantins e do Brasil.

Carmem Antônia participa todos os anos da Romaria. Para ela, esse é um momento mais que especial, pois foi curada de um câncer após receber as graças do Senhor do Bonfim. “Enquanto eu estiver viva, aqui eu estarei, é muito amor, muita fé e devoção, sou muito grata ao Senhor do Bonfim”, disse a romeira.

As romarias do Senhor do Bonfim constituem as maiores e mais importantes manifestações culturais do Estado. A mais conhecida é a de Natividade, que atrai, anualmente, em agosto, milhares de fiéis do Tocantins e de outros estados. Os devotos rezam e pagam promessas por graças alcançadas e atribuídas ao Senhor do Bonfim.

Para o presidente da Adetuc, Tom Lyra, esse é um dos momentos mais marcantes no calendário cultural do Estado. “A Romaria do Bonfim reflete toda a devoção do nosso povo e integrar parte de sua programação traz fortes emoções”, afirma, lembrando que o evento também é uma das referências tocantinenses no segmento turismo religioso.

A programação, que segue até sábado, 17, com a Missa dos Romeiros, envolve missas, novena, festas, caminhada penitencial, batizados e homenagens ao Senhor do Bonfim.

O festejo de Natividade já é realizado há mais de dois séculos e deu origem à primeira igreja construída no povoado do Senhor do Bonfim, em 1750. De acordo com a tradição local, um vaqueiro teria encontrado uma imagem do Senhor do Bonfim em cima de um toco de árvore e, após levá-la para Natividade, a imagem voltou a aparecer inexplicavelmente em Bonfim. Daí os devotos começaram a seguir a pé até o povoado.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.