Barra da Grota

Um detento do presídio Barra da Grota foi esquartejado dentro da unidade prisional nesta segunda-feira (5). O nome da vítima ainda não foi divulgado. O corpo foi encontrado no final da tarde e levado para o Instituto Médico Legal da cidade. Ainda não há informações sobre as circunstâncias exatas em que tudo ocorreu.

Informações preliminares são que o crime foi brutal, que o detento teve o coração arrancado, as pernas cortadas e a cabeça foi encontrada dentro da barriga. Esta é a terceira morte dentro de uma unidade prisional do Tocantins em quatro dias. Na última sexta-feira (2), Ademirde Pereira da Silva foi encontrado morto na Casa de Prisão Provisória de Gurupi, na região sul do estado. Ele ficou na unidade menos de três dias após ser preso suspeito de estuprar e torturar a própria ex-namorada.

Já no domingo (4), o preso Gernilson Vieira de Sousa, de 35 anos, foi encontrado morto dentro do pavilhão A da casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP). O homem estava com uma corda artesanal amarrada no pescoço e marcas de perfurações no tórax.

O presídio do crime mais recente, o Barra da Grota, é o mesmo que registrou uma fuga em massa em outubro de 2018. Na época, 28 presos conseguiram escapar utilizando uma professora e agentes penitenciários como reféns, eles foram liberados dias depois. Nove dos fugitivos morreram em um tiroteio com a polícia e os demais foram recapturados nos dias que se seguiram. (G1)

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.