As notas fiscais devem ser cadastradas no site para garantir participação no sorteio

Quem tem nota fiscal de serviços prestados em Palmas já pode garantir sua participação no terceiro sorteio do Nota Quente Palmense de setembro realizando o cadastro até 31 de agosto. Mais de 350 cupons já foram convertidos para este sorteio. No último sorteio, realizado no último dia 19 de agosto, 374 cupons foram convertidos.

Para concorrer, é preciso se cadastrar na página https://notaquente.palmas.to.gov.br/, consultar sua pontuação, converter os pontos em cupons. O cadastro dentro deste prazo garante participação no sorteio mensal de R$ 10 mil e no sorteio semestral de R$ 50 mil, em outubro, e no anual, cujo prêmio é de R$ 200 mil em dezembro.

Geram pontos para o cupom, crédito a partir de R$ 10. Caso o participante ainda não tenha seu cadastro, basta realizá-lo no próprio site para conhecer a quantidade de pontos que possui e optar pela conversão.  O sorteio será realizado no dia 16 de setembro pela Loteria Federal da Caixa.

Programa

O Nota Quente Palmense é um programa da Prefeitura de Palmas de incentivos ao cliente de serviços para que seja garantida a emissão de Nota Fiscal de Serviços (NFSe), garantindo  o recolhimento de impostos que serão revertidos em investimentos públicos. Através dele o contribuinte pode concorrer a prêmios em dinheiro.

Todas as pessoas físicas e jurídicas prestadoras de serviços, a exemplo de empresas, microempreendedores individuais (MEI), profissionais autônomos e prestadores avulsos, devem emitir Nota Fiscal de Serviços. Recibos não têm validade a título fiscal.

Mais benefícios

De acordo com a Secretaria de Finanças, além da troca de créditos por cupons dos sorteios em dinheiro, o contribuinte pode requerer direito a créditos no valor de 20% do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN) ou bônus convertidos em descontos de até 10% do valor do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) do ano seguinte à aquisição do crédito. Para isso, é necessário constar o número do CPF na nota.

Comentários do Facebook