Em encontro com participação de Lula e Dilma, Kátia Abreu recebe apoio do PT ao governo do Tocantins
Em encontro com participação de Lula e Dilma, Kátia Abreu recebe apoio do PT ao governo do Tocantins

A senadora e ex-ministra da Agricultura Kátia Abreu (PMDB), passou o final de semana articulando o seu futuro político. Alvo de processo de expulsão da sigla, por ter votado contra matérias defendidas pela legenda, Kátia se reuniu na noite deste sábado, 19, com os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff, onde discutiram sobre vários assuntos, entre eles, as eleições 2018.

O encontro aconteceu no Palácio de Ondina, em Salvador/BA, juntamente com o governador baiano Rui Costa, dirigentes nacionais do PT e a presidente nacional da legenda, Gleisi Hoffmann. Um dos assuntos debatidos, foi a disputa de Kátia Abreu nas eleições ao Governo do Tocantins em 2018, que ficou decidido que a senadora tocantinense terá o apoio do PT.

“Os brasileiros não querem guerra. Querem resultado. E a união de ideias é que fará a diferença. Sem radicalismo, sem preconceitos. Nosso foco tem que ser as famílias, as pessoas, o bem-estar e sucesso das pessoas. A força e união de muitas ideias é que fará a diferença! Força Tocantins! ”, disse Kátia Abreu sobre decisão do PT em apoiá-la.

Kátia tem percorrido o Estado e com discurso de pré-candidata, busca apoio para consolidar o seu projeto de Governo.

O ex-prefeito de Colinas, José Santana (PT), diz ter sido pego de surpresa com decisão de Lula e Dilma em direcionar o PT para apoiar Kátia Abreu ao Governo. “Respeitadas as divergências em nosso estado e ainda nossa orientação ideológica que nos fez adversário inconciliáveis de Kátia Abreu, não havendo porventura uma candidatura do PT, ao governo do Tocantins, essa outrora nossa desafeta, vem merecendo nossa consideração”, disse.

Outro possível candidato ao governo do Estado, é o presidente da Assembleia Legislativa, Mauro Carlesse (PHS), que há um bom tempo vem percorrendo, em comitivas, o interior do Estado, aproveitando uma série de atividades culturais dos municípios para propagar o seu nome.

O prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB), também tem visitado o Bico do Papagaio no mês de julho. Declarado pré-candidato a governador, e sem poupar críticas ao governo de Marcelo Miranda, Amastha se reuniu com várias lideranças políticas de toda a região.

Comentários do Facebook