Em mais uma ação contra o tráfico, a Polícia Civil do Tocantins (PC-TO) por meio da 1ª Divisão Especializada de Repressão a Narcóticos (Denarc), de Palmas, prendeu nesta terça-feira, 13, um suspeito de narcotráfico que estaria abastecendo pontos de intenso tráfico na capital. Durante a ação, foram apreendidos um veículo, usado para o transporte de drogas, 2 kg de cocaína e 3,5 kg de crack. O prejuízo de mais de R $120 mil reais para o tráfico.

Durante a investigação, a equipe da Denarc passou a monitorar entregas de drogas realizadas em um condomínio na capital, o local é conhecido por ser ponto de tráfico e crimes correlacionados. Além disso, por intermédio de denúncias, os agentes conseguiram identificar o suspeito por meio de uma tatuagem.

A ação é decorrente de investigações que já estavam em andamento e, com a ajuda da comunidade, que realizou denúncias anônimas, conseguimos correlacionar um conjunto de informações por meio de investigação dos agentes do núcleo operacional da DENARC, permitindo o pleno sucesso nesta operação, relata o delegado, Enio Walcacer.

Durante a investigação, a equipe identificou que as drogas estavam sendo armazenadas em uma espécie de “bunker”, localizado em uma zona rural na capital.

Operação Inconfidência

A operação foi batizada de “Inconfidência” devido a revelação de segredos e do modo como  o traficante operava o tráfico por meio dos cidadãos, por meio de denúncias, permitindo que as informações nos levassem ao sucesso da operação.

Para denúncias envolvendo tráfico de drogas, a DENARC conta com um número específico (3218-6871) que podem ser anônimas e ajudam no combate ao crime de tráfico no Tocantins.

Comentários do Facebook