Nesta quinta-feira, 16, uma equipe de policiais militares do Batalhão de Polícia Militar Ambiental da Polícia Militar do Tocantins, em operação conjunta com a Naturatins, deteve dois indivíduos exercendo pesca predatória em local proibido no Parque Estadual Cantão, no município de Pium. Junto com os infratores foram encontradas caixas de isopor e apetrechos de pesca, além de 88 quilos de pescado de espécies diversas.

Realizada a apreensão dos materiais, os autores foram conduzidos para a delegacia de caseara e foram autuados em flagrante pelo crime ambiental, onde foi lavrado auto de infração no valor R$ 953 reais. Após lavratura dos procedimentos, o pescado foi doado à comunidade de Caseara.

O Batalhão de Polícia Militar Ambiental executa atividades de fiscalização nas unidades de conservação em conjunto com o Naturatins reprimindo caça/pesca e outras atividades lesivas ao meio ambiente.

Crimes ambientais

Constitui-se infração ambiental penetrar em unidade de conservação para a prática de pesca/caça sem autorização dos órgãos ambientais.

Comentários do Facebook