Marlene Barros Sandes

Servidora da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), a Agente Especialista Pedagoga, Marlene Barros Sandes, lotada na Unidade Semiliberdade (USL) Feminina do Sistema Socioeducativo, em Palmas, teve recentemente um artigo de mestrado divulgado no livro titulado ‘Direitos Humanos e Educação: uma relação indissociável’, publicado pela editora Bagai de Curitiba, Paraná.

Com o título ‘A socioeducação e seu caráter pedagógico’, a pedagoga traz reflexões sobre a educação como uma ferramenta de transformação sociocultural e parte do processo de formação humana, essencialmente no contexto da socioeducação. “Problematizamos o conceito de socioeducação partindo da percepção de que o atendimento à/ao adolescente no cumprimento da medida socioeducativa deve ter caráter eminentemente pedagógico”, ponderou a servidora.

A gerente da Escola Superior de Formação e Qualificação Profissional, Rute Andrade, chama a atenção para o fato de trabalhos como esse fortalecerem o engajamento dos servidores enquanto agentes transformadores para além das unidades. “Ter servidores do nosso quadro que dissertam sobre a socioeducação é de suma importância para o Sistema Socioeducativo do Estado do Tocantins, uma vez que existe pouca literatura produzida e enquanto Escola estamos desenvolvendo um acervo com a publicação de trabalhos dos servidores sobre a temática”, discorreu a gerente.

Direitos Humanos e Educação: uma relação indissociável

O livro é uma produção da editora Bagai do Paraná e reúne coletâneas de artigos que discorrem sobre Educação e Direitos Humanos, temas de grande repercussão e importância na atualidade. O material é dividido em vinte e um capítulos e aborda a educação moral, prisional, práticas restaurativas como instrumentos de prevenção e combate à indisciplina e violência nas escolas; inclusão digital, passando pela temática da socioeducação; o ensino da dança e as relações de gênero e sexualidade, enfatizando o tema da diversidade sexual nesse universo, dentre outros pertinentes à temática dos direitos humanos.

Currículo

Mestranda em Ensino de Língua e Literatura no Programa de Pós Graduação em Letras na Universidade Federal do Tocantins, a servidora Marlene Sandes fala sobre a construção do artigo e da importância da educação como um recurso na socioeducação. “É na intenção de refletir sobre este recorte de maneira mais aprofundada que optamos por trazer essa abordagem do caráter pedagógico da medida socioeducativa, a fim de fomentar reflexão e intervenções promotoras de desenvolvimento humano e humanizador”, concluiu.

Comentários do Facebook