Em Novo Acordo, na região centro leste do Tocantins e 118 quilômetros de Palmas, a Polícia Civil do Tocantins, cumpriu na manhã desta segunda-feira, 6, mandado de busca e apreensão e de prisão preventiva em desfavor de um homem de 34 anos de idade pela suspeita de crime de estupro de vulnerável, o qual, depois dos exames legais cabíveis, foi encaminhado para a Casa de Prisão Provisória de Palmas.

Conforme o delegado responsável pelo caso, Vladimir Bezerra de Oliveira, tão logo a autoridade policial tomou conhecimento do fato foi iniciada a investigação e foi feita uma representação junto ao Poder Judiciário pela prisão preventiva do suspeito.

Segundo apurado pelo Delegado Vladimir Bezerra de Oliveira, a vítima, hoje com 13 anos de idade, é filha do suspeito preso, e foi ela mesma quem denunciou o pai. Conforme relato da adolescente, desde os 10 anos de idade, o pai mantinha relações sexuais com ela, o que era feito mediante ameaça com a arma branca e arma de fogo.

De acordo com o delegado Vladimir, as investigações agora serão intensificadas, inclusive, para verificar se a mãe tinha conhecimento da conduta do seu marido.

Comentários do Facebook