Detran Tocantins

Conseguir atendimento no Departamento de Trânsito do Tocantins está sendo quase como ganhar na loteria. É que para evitar aglomeração, por causa da pandemia de coronavírus, os usuários precisam ligar em um telefone e fazer um agendamento antes de procurar o órgão. O problema é que tem usuário que ligou 80 vezes em um único dia e mesmo assim não conseguiu falar com ninguém.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Comprei a carretinha, estou tentando passar para o meu nome, tudo direitinho, fiz a vistoria. Hoje liguei 80 vezes para tentar agendar um atendimento. Fui ao Detran e me informaram que é uma linha só que atende ao estado todo por isso não tem jeito”, disse o Arthur Urbano.

O motorista Adriel Ribeiro comprou uma moto e precisa passar o documento para o nome dele, mas está enfrentando o mesmo problema.

“Dá ocupado ou chama, chama até cair. A sensação é de que alguém tira do gancho após as 8h. A minha esposa liga do trabalho dela o dia todo, eu ligou também de onde eu estou o dia todo e a gente não consegue de forma alguma entrar em contato com o Detran.”

Em março o órgão suspende alguns serviços e prorrogou os prazos de outros processos. O atendimento continua sendo feito, só que a central de atendimento que faz os agendamentos fica em Palmas e recebe demanda de todo estado.

No dia 9 de julho o diretor de operações do Detran chegou a falar em entrevista à TV Anhanguera que o agendamento também seria feito pela internet por causa dos problemas de congestionamento do call center, mas essa opção nunca saiu do papel.

“Assim fica difícil. Uma linha com um ou dois atendentes para o estado todo? Não dá né? Conto aí com a colaboração. Ajuda aí Detran”, cobrou o guarda metropolitano Arthur Urbano. (Com: G1)

Comentários do Facebook