Em 2013, estima-se que foram sensibilizados de cerca de 30 mil usuários de praias
Em 2013, estima-se que foram sensibilizados de cerca de 30 mil usuários de praias
Em 2013, foram sensibilizados de cerca de 30 mil
usuários de praias

O governo do Estado vai realizar durante a temporada de praias o projeto Rondon Tur Ambiental. Trata-se de uma ação, realizada por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semades), voltada para a  educação ambiental e que visa conscientizar turistas e a população local a adotarem atitudes de limpeza e proteção das águas e da paisagem.

A ação será realizada em 10 praias: Formoso do Araguaia, Peixe, Porto Nacional, Pedro Afonso, Araguacema, Caseara, Araguanã, Babaçulancia, Tocantinópolis e Araguatins. Ao todo, serão investidos R$ 450 mil, do Fundo Estadual de Recursos Hídricos, na realização de gincanas ecológicas, peças de teatro e ações de educação ambiental que vão explorar a destinação correta dos resíduos sólidos.

Murilo Marcolini, coordenador de Apoio à Gestão dos Recursos Hídricos da Semades, afirma que a ação é necessária para garantir que as futuras gerações também desfrutem das praias. “A maioria desses municípios dependem economicamente do período de praias. O governo do Estado visa criar uma sustentabilidade para que, daqui a 5 ou 10 anos, não ocorra problema nos reservatórios. A gente busca ensinar para garantir que haja praia para nossos filhos e netos”, explicou.

Parceria com acadêmicos

O projeto é realizado em parceria com a Universidade Federal do Tocantins (UFT), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins (IFTO) e prefeituras. As instituições de ensino colaboram com a participação de 300 estudantes universitários e alunos de cursos técnicos, que serão os agentes educadores.

De acordo com o secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Alexandre Tadeu, além de unir as ações do governo com o meio acadêmico, essa é uma oportunidade para os estudantes vivenciarem a conscientização da população. “Para ter um país efetivamente sustentável, devemos conscientizar as pessoas”, acrescentou.

Segundo o Pró-Reitor de Extensão e Cultura da UFT, George França, a participação contará como carga horária para o currículo escolar. “A Universidade espera que, além do contato com a comunidade, também aprendam mais sobre as praias, sobre educação ambiental e cultura local. É um projeto muito dinâmico e a universidade tem uma expectativa de muito sucesso”, destaca o pró-reitor.

Igor Freitas de Almeida cursa o 7º período de Engenharia Civil na UFT e está animado com o projeto. “Resolvi participar do RodonTur pela importância do projeto. A gente tem a oportunidade de conhecer as praias do Tocantins e aliar isso à educação ambiental, para dar nossa contribuição, fazer a nossa parte”, disse ele.

A ação deve começar no dia 18 de julho e se encerrar na primeira semana de agosto. Em 2013, estima-se que foram sensibilizados de cerca de 30 mil usuários de praias.

Comentários do Facebook