Natividade. Foto: Prefeitura Municipal / Reprodução

Um homem de 46 anos, suspeito pela prática do crime de violência doméstica foi preso pela Polícia Civil do Tocantins (PC-TO), por meio de ação deflagrada pela 98.ª Delegacia de Polícia Civil de Natividade, no sudeste do estado, na manhã desta terça-feira, 7. O homem é investigado pelo fato de ter agredido violentamente sua ex-esposa, na noite do dia 30 de maio deste ano.

Comandada pelo delegado-chefe da unidade, João Luís Jucá, a prisão ocorreu em virtude de cumprimento a mandado de prisão preventiva, expedido pela Vara Criminal da Comarca de Natividade.  Após o registro da ocorrência, a equipe da 98ª DP iniciou as investigações que apontaram para o marido da mulher como sendo o autor das agressões. Recolhido à Casa de Prisão Provisória de Dianópolis, o investigado está à disposição da Justiça e responderá pelo crime de violência doméstica, no contexto da Lei Maria da Penha.

O crime e motivação

De acordo com as investigações da 98ª Delegacia de Polícia Civil, na noite do dia 30 de maio do corrente ano, o homem teria começado uma briga com sua ex-esposa e, em determinado momento começou a agredir a mulher com vários socos no rosto e na cabeça, sendo que toda a cena foi presenciada pelos filhos menores do casal. Ainda segundo as investigações, o homem também tentou enforcar a vítima, que para fugir das agressões, correu, mas foi alcançada pelo agressor que a derrubou ao chão. Em virtude da queda, a mulher teve o rosto desfigurado. Após ser socorrida, ela foi levada ao Hospital onde foi atendida e levou 19 pontos na testa.

Segundo a autoridade policial, as agressões teriam sido motivadas pelo fato de que o autor não aceitava o fim do relacionamento com a vítima e, movido por ciúmes, agrediu violentamente a ex-mulher.

Comentários do Facebook