A atuação do voluntário é uma das maiores demonstrações de amor ao próximo e após dois anos, o Hospital Geral de Palmas (HGP) voltou a receber este público em suas dependências. Devido a pandemia da Covid-19, atividades internas de voluntariado estavam suspensas para manter a segurança de pacientes e equipes, com o controle da doença.

“O trabalho voluntário é extremamente necessário dentro do ambiente hospitalar. Estamos felizes com o retorno das atividades e gratos aos nossos parceiros pela confiança em nosso trabalho e agora estarão conosco novamente doando um pouco do seu tempo, carinho e atenção a quem está hospitalizado ou trabalha na nossa unidade. Eles fazem uma grande diferença no cotidiano destas pessoas”, destacou a responsável pelo setor de humanização do HGP, Goiamara Borges.

Um dos colaboradores voluntários é o hair stylist Peres Watson, que durante a Semana de Enfermagem HGP, promoveu o projeto ‘De Bem com o Espelho’. “É um grande prazer estar de volta, com esta ação para elevar a autoestima das pessoas. Nesta terceira edição do projeto no HGP, trouxemos corte de cabelo para os profissionais de enfermagem que são tão importantes para a nossa sociedade. E um ponta pé inicial para trazer outros serviços. Este projeto visa atender tanto pacientes, acompanhantes e servidores da unidade. A atividade vai trazer muitos outros benefícios não só de atendimento quanto informações para pessoas em zona de vulnerabilidade social, incluindo mulheres e jovens”, explicou.

A enfermeira Karla Brandão aproveitou a oportunidade de mudar o visual por meio do ‘De Bem com o Espelho’. “Achei muito bom, eleva a nossa autoestima e traz alegria. São ações que vem valorizar o profissional”, disse.

Outro grupo que colabora com a harmonia do ambiente hospitalar é o  Chambary com Mocotó, composto por cerca de 25 palhaços humanitários e que estiveram recentemente na ala pediátrica do HGP. “Caracterizados de palhaços,  levamos alegria e diversão além de fé, esperança e muita música para amenizar o impacto da internação. Nossas ações são voltadas aos pacientes, acompanhantes e servidores, todos entram na brincadeira”, declarou o Presidente do grupo, Alexandre Moraes.

Como se tornar voluntário?

As instituições ou as pessoas que desejam ser voluntárias no HGP devem procurar a coordenação de Humanização da unidade ou ligar no (63) 3218-7898.

Para ser voluntário, primeiramente, é necessário participar de um curso ofertado pelo HGP, que acontece duas vezes por ano. O curso orienta sobre cuidados relacionados à segurança do paciente, normas de acesso ao hospital e como oferecer conforto por meio de visitas, celebração religiosa, atividades lúdicas, campanhas solidárias, oficinas de artesanato e suporte aos funcionários. Após a participação no curso, será emitido crachá para o voluntário iniciar as atividades no hospital.

Comentários do Facebook