A única sala de raio-X do Hospital Municipal de Araguatins, norte do Tocantins, está desde janeiro de 2021, início da atual gestão do prefeito Aquiles da Areia (PP), sem banheiro para os profissionais da saúde que trabalham no local.

De acordo com informações, na época foi começado uma reforma na sala e por este motivo o banheiro foi desmanchado e que nunca foi construído outro. O item é indispensável em salas de Raio-X, sendo uma norma estabelecida pela Vigilância Sanitária.

Os profissionais que trabalham no local já fizeram vários pedidos à atual gestão para restabelecer o banheiro na sala de Raio-X, mas que nenhum dos pedidos foram sequer respondidos.

Uma outra falha grave e que compromete a saúde dos Técnicos de Raio-X, é a falta do Dosímetro termoluminescente, conhecido pela sigla TLD, são medidores que utilizam a capacidade de emissão de luz de materiais quando expostos à radiação. Esta quantidade de luz é proporcional a quantidade de radiação que o dosímetro foi exposto.

Conforme informações, a gestão do prefeito Aquiles da Areia não dá importância para as cobranças de itens essenciais e obrigatórios para o bom andamento e segurança dos profissionais de saúde e dos pacientes que procuram atendimento.

A fiscalização esteve no Hospital Municipal de Araguatins e verificou que a sala de Raio-X carece dos itens exigidos pela Vigilância Sanitária, e notificou a unidade de saúde.

Comentários do Facebook