Odir Rocha

Morreu na tarde desta quarta-feira, 4, o ex-prefeito de Palmas Manoel Odir Rocha, de 81 anos. Ele fazia tratamento contra um câncer no fígado e estava internado em um hospital particular de Palmas desde a semana passada.

Odir era casado com Dirce Noda Rocha, com quem teve três filhas. Ainda não há informações sobre o velório.

PERFIL

Odir Rocha nasceu em Araguari (MG) em 1941, filho de Elias de Araújo Rocha e de Rosa Rodrigues Rocha. Médico formado pela Pontifícia Universidade Católica, do Paraná, ele também era escritor e poeta, membro da Academia Tocantinense de Letras e da Academia Palmense de Letras.

Sua vida política começou com em 1989, quando foi eleito prefeito de Colinas, no norte do Tocantins. Foi secretário de Ação Social e Habilitação no mandato do primeiro prefeito eleito de Palmas (TO), Eduardo Siqueira Campos.

Em outubro de 1994 foi eleito primeiro suplente de deputado federal e permaneceu na função por 30 dias, até ser convidado para ser secretário de governo do Tocantins.

Dois anos depois, em outubro de 1996, foi eleito como terceiro prefeito da história de Palmas. Ele permaneceu no cargo até 31 de dezembro de 1999.

Tão logo terminou seu mandato, foi nomeado pelo então governador Siqueira Campos como presidente da Agência de Desenvolvimento do Tocantins. Depois também voltou a ser secretário municipal de Palmas.

Entre suas obras publicadas estão o livro de poemas do amor à terra, em 2002, o livro de contos Auscultando a vida, e 2005.

Governador Wanderlei Barbosa lamentou

Com muita tristeza, recebi a notícia do falecimento do ex-prefeito de Palmas Odir Rocha, ocorrido nesta quarta-feira, 4 de maio.

Tive o privilégio de ter sido vereador durante o mandato de Odir Rocha como prefeito de Palmas, tendo acompanhado seu trabalho à frente do Executivo da Capital. Odir Rocha construiu uma história de homem público íntegro e sempre voltado para o bem do povo e crescimento de Palmas e do Estado do Tocantins. Médico dedicado ao bem estar de seus pacientes, Odir Rocha foi ainda deputado federal pelo Tocantins e prefeito de Colina do Tocantins. Além disso, exerceu diversos cargos no governo do Estado. Assim como na vida pública e na medicina, Odir Rocha se revelou exímio escritor, deixando poesias e contos eternizados em vários livros publicados.

À sua esposa Dirce Rocha, suas filhas, netos, demais familiares e amigos que, assim como eu, sentem a partida de Odir Rocha, desejo e clamo ao nosso eterno e bom Deus que envie o consolo de seu Santo Espírito para acalentar os corações enlutados nesse momento. A todos os meus sinceros sentimentos.

Wanderlei Barbosa

Governador do Estado do Tocantins

Comentários do Facebook