Na última sexta-feira, 15, um homem de 41 anos acabou fugindo após atear fogo na própria motocicleta, que não tinha documento, e que seria apreendida na BR-153, em Araguaína, no norte do Tocantins pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

De acordo com a PRF, o condutor foi parado no acostamento da BR, após se negar fazer teste do bafômetro e perceber que a moto seria apreendida, o homem ateou fogo e fugiu.

O caso foi repassado para a Polícia Civil de Araguaína que deve decidir quais serão as medidas adotadas. O motorista cometeu o crime previsto no Artigo 250 do Código Penal Brasileiro e pode responder de três a seis anos de reclusão além de multa por causar incêndio, expondo a perigo a vida, a integridade física ou o patrimônio de outras pessoas.

Comentários do Facebook