Uma mulher de 32 anos de idade suspeita pelo crime de tráfico de drogas, foi presa pela Polícia Civil do Tocantins no início da noite desta segunda-feira, 25, em Araguaína, no norte do Estado. Conforme o delegado titular da 2ª Divisão Especializada de Repressão a Narcóticos (2ª Denarc), José Anchieta de Menezes Filho, a ação que resultou na prisão da mulher foi deflagrada depois que as equipes da Divisão Especializada receberam informações de que uma mulher, que já estava sendo investigada pela Polícia Civil por suposto envolvimento com o tráfico de drogas, estaria regressando de Goiânia trazendo consigo porções de substâncias entorpecentes.

Com base nas informações obtidas, os policiais civis montaram barreira, na BR-153, onde após algum tempo, perceberam a aproximação de um ônibus com as mesmas características do veículo em que a suspeita poderia estar. Dessa maneira, os policiais civis abordaram o coletivo e, após minuciosa revista realizada nas bagagens dos passageiros, nada foi encontrado.

Desse modo, os agentes passaram a realizar buscas pessoais nos passageiros, bem como nas bagagens de mão que carregavam, quando encontraram no interior da mochila que estava de posse da mulher, dois tabletes de crack, pesando um quilo cada um. Diante das evidências, a mulher foi presa e conduzida até a Central de Flagrantes da Polícia Civil em Araguaína, onde foi autuada pela prática do crime de tráfico interestadual de drogas.

Após a realização dos procedimentos legais cabíveis, a suspeita será recolhida a Unidade Prisional Feminina de Babaçulândia, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Comentários do Facebook