O Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), continua proporcionando oportunidade para os estudantes das 2ª e 3ª séries do ensino médio continuar se preparando para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), com a implantação do programa #TOnoEnem, que em 2020 ganhou uma versão 100% digital e passou a se chamar TO de casa NO ENEM.

A última segunda-feira, 25, foi o prazo final para os estudantes se inscreverem no programa que conta com videoaulas (transmitidas pelo canal no YouTube, pela TV Assembleia e pelas rádios 96 FM e UFT FM), além de material didático específico e lives de revisão dos conteúdos. Ao todo foram  26.566 inscritos, entres estes há candidatos da comunidade externa também.

O objetivo principal do trabalho é garantir a preparação dos estudantes para o Enem, com aprendizagem significativa, mesmo em tempo em que medidas de isolamento social são tomadas para evitar a proliferação da Covid-19.

Entre as possibilidades para a aprendizagem destacam-se videoaulas transmitidas pela internet e pela TV Assembleia, material didático impresso e digital, aplicação de simulados, plantão tira-dúvidas, lives com professores, webinar – Construindo Minha História, além das Pílulas do Enem – uma série de dicas transmitidas pelas rádios 96 FM e UFT FM.

Segundo Bruna Letícia Gonçalves dos Santos, estudante da 3ª série do ensino médio do Colégio Pré-Universitário, de Araguaína, as expectativas para participar do Enem são ótimas. “O programa está me ajudando na preparação que pode me garantir realizar a prova com maior segurança e obter um resultado melhor”, ponderou.

Para Jaldo Cruz de Arruda, diretor do Colégio Pré-Universitário, o momento atual exige criatividade e proatividade. “O Governo, por meio da Seduc, encontrou formas diferenciadas que contribuem com o ensino e aprendizagem dos nossos estudantes. Além das propostas, nós ainda formamos grupos de WhatsApp, para manter os estudantes informados  sobre a preparação para a prova do Enem”, destacou.

Conforme Adriana Aguiar, secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, o objetivo é promover uma oportunidade para que todos os estudantes tocantinenses, em fase de preparação para o Enem, tenham mais oportunidades.

“Queremos que todos sejam atendidos dentro de cada peculiaridade. O Governo, por meio da Seduc,  elaborou estratégias para alcançar cada estudante considerando o seu contexto local. Mesmo com o adiamento do calendário de aplicação do Enem, os estudantes podem aproveitar e se dedicarem mais tempo à preparação. Esperamos que todos alcancem seu objetivo, seus projetos de vida e que possam ingressar no ensino superior e ter acesso a todas as políticas educacionais que o Enem proporciona”, finalizou.

TO de casa NO ENEM

Pensando neste momento de distanciamento digital, o TO de casa NO ENEM oferece aos estudantes diversas ferramentas de estudo, como: videoaulas transmitidas pela internet e pela TV Assembleia, material didático impresso e digital, aplicação de simulados, plantão tira-dúvidas, Lives com professores, além de webinar – Construindo Minha História.

Para os estudantes da rede estadual que possuem acesso à internet, o material para acompanhamento será disponibilizado, por etapas, no site da Seduc e no canal do YouTube: ‘TOnoEnem’. Aqueles que têm computador, mas não têm acesso à internet, irão retirar o material impresso e as videoaulas em pendrive na escola onde estão matriculados. Neste caso, é necessário realizar o agendamento prévio para evitar aglomeração e ter informado no ato da inscrição que tem essa demanda. Já os estudantes que residem na área rural, indígena ou quilombola receberão o material em casa por meio do transporte escolar.

Neste ano, são parceiros do programa: a Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), a Universidade Federal do Tocantins (UFT) e a Assembleia Legislativa.

Enem

Na ocasião do anúncio da alteração da data da realização da prova, o Ministério da Educação informou que o período de inscrições para o exame foi prorrogado. O prazo para cadastro, que deve ser feito por meio do endereço eletrônico do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira termina às 23h59 desta quarta-feira 27.

Comentários do Facebook