Professora Safira Camelo Gomes Lima

Na noite deste sábado, 23, a professora Safira Camelo Gomes Lima, 36 anos, foi assassinada a tiros, pelo ex-marido Juranir de Sousa Lima, dentro da própria casa em Campos Lindos, no norte do Tocantins.

O casal havia se divorciado recentemente, mas Juranir não aceitava o fim da relação. De acordo com relatos da família da professora, ele já teria feito várias ameaças, em uma delas Juranir disse que havia encomendado os túmulos, o dele e o dela.

Juranir acabou cumprindo as ameaças e após assassinar a ex-mulher saiu com seu carro em alta velocidade em uma estrada que vai no sentido ao estado do Maranhão.

A Polícia Militar começou as buscas pelo assassino, já no Estado Maranhão, o seu veículo foi encontrado capotado em uma estrada vicinal na zona rural de Riachão-MA.

Juranir estava morto, o seu corpo estava perto do veículo, em uma árvore. Segundo a polícia ele, provavelmente, se acidentou e depois cometeu suicídio, uma perícia foi realizada para confirmar a hipótese.

Familiares e amigos lamentaram a morte da professora, ela deixa dois filhos.

Comentários do Facebook