O perito plantonista de Colinas identificou o autor de um incêndio na cidade de Arapoema depois de analisar a filmagem do posto de combustível ele verificou que o suspeito comprou gasolina e estava com a mesma bermuda. Quando acionado pelo delegado de plantão, o perito atendeu a chamada e verificou que no local havia um ônibus que pertencia à Secretaria de Educação do município, mas estava no pátio da Secretaria de Saúde.
Segundo a perícia, o suspeito teria entrado por um espaço aberto do muro e ateou fogo no veículo.
O perito coletou materiais e analisou as imagens de vídeo disponíveis. Um possível suspeito foi levantado, um homem que já havia feito a ameaça de incêndio pela cidade.
Durante os trabalhos, ainda na noite desta sexta-feira, 1º, um homem apareceu no local e o perito constatou que se tratava do mesmo homem que havia aparecido nas imagens da câmera de segurança de um posto de combustível.
Questionado pela perícia, houve a confirmação que se tratava do mesmo homem.  No momento, o perito e a Polícia Militar informaram ao suspeito que iriam encaminhá-lo para a delegacia.
Durante as indagações o suspeito relatou que fazia uso de medicação controlada por sofrer de esquizofrenia.
A Polícia Militar entrou em contato com o delegado responsável na cidade, mas de acordo com o delegado, por conta de o suspeito ter histórico de problemas mentais, foi determinada a liberação do mesmo. Segundo a Polícia Civil, na próxima segunda-feira, 04, será pedida a sua internação. O veículo foi totalmente destruído pelas chamas.
Comentários do Facebook