Taxista Antônio Pereira Gonçalves de Araguaína

Dando prosseguimento à segunda etapa das ações emergenciais de entrega de cestas básicas para famílias em situação de vulnerabilidade, por conta da pandemia da Covid-19, o Governo do Tocantins, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas), distribuiu, neste domingo, 10, mais de 900 cestas em Araguaína, norte do Estado.

Na ocasião, foram entregues 300 cestas à Associação dos Pais e Apoio aos Pioneiros Mirins, Amigos do Meio Ambiente e Assistência Social, que atende famílias do setor Itaipú; 300 cestas aos taxistas, por meio do Sindicato dos Taxistas de Araguaína (Sintar); e 308 cestas para músicos e artesãos.

O secretário da Setas, José Messias Araújo, ressaltou que a secretaria tem feito um grande esforço, para, em conjunto com outras pastas do Governo, cumprir a determinação do governador Mauro Carlesse de atender a todos os grupos vulneráveis impactados pela covid-19. “Estamos cumprindo mais uma importante etapa das ações emergenciais de entrega de cestas básicas que irá atender as necessidades de mais famílias atingidas pela pandemia”, ressaltou.

Araguaína

Até o momento já foram atendidas cerca de 2 mil famílias pelas ações emergenciais de entrega de cestas básicas na cidade. As cestas foram direcionadas a idosos, famílias vulneráveis e trabalhadores que foram afetados pelo isolamento social. Araguaína é, no momento, a cidade com mais diagnósticos positivos para a Covid-19.

Associação dos Pais e Apoio aos Pioneiros Mirins

O presidente da Associação dos Pais e Apoio aos Pioneiros Mirins, Amigos do Meio-ambiente e Assistência Social, José Ferreira da Silva, disse que são muitas famílias sem trabalhar no momento e que a carência só aumenta.

Patrícia Souza Araújo, de 27 anos, moradora do setor Itaipú, têm quatro filhos e está esperando o quinto. Ela disse que a dificuldade é muito grande para todos que moram lá, e que os alimentos chegaram na hora certa, pois já estava faltando alguns itens.

Taxistas

O presidente do Sintar, Lindomar Costa, falou que os taxistas já estão parados há bastante tempo e a situação se agrava a cada dia. “A ajuda do Governo do Tocantins vai auxiliar muitos taxistas que estão sem trabalhar desde março e que precisam, no momento, cuidar da saúde de suas famílias”, disse.

Antônio Pereira Gonçalves, 56 anos, 32 deles trabalhando como taxista, recebeu uma das cestas e frisou que o momento é muito ruim para a categoria, que está parada há vários dias, e a chegada das cestas vai amenizar bastante as dificuldades que estão enfrentando.

Músicos e Artesãos

A Setas, em parceria com a Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), deu prosseguimento ao Projeto de Assistência a Músicos e Artesãos com a entrega, neste domingo, 10, de 308 cestas básicas às categorias em Araguaína.

Atendimento Emergencial

Desde o dia 21 de março, o Governo do Tocantins já atendeu mais de 42 mil famílias com alimentos e itens de higiene. A ação se deve a situação de emergência decretada pelo governador Mauro Carlesse, em virtude do isolamento que visa evitar a disseminação da Covid-19, principalmente na população inserida no grupo de risco.

O recurso aplicado é oriundo do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecope-TO), baseado na Lei nº 3.015, de 30 de setembro de 2015, considerando a decisão plenária do dia 23 de março de 2020, (Resolução nº 01/2020, de 31 de março de 2020), que aprovou a destinação de recursos financeiros a órgão público estadual para execução de projeto social com vistas a combater e erradicar a pobreza, por meio da distribuição de 200 mil cestas básicas à população necessitada.

Comentários do Facebook