A prisão do adulto aconteceu após a Polícia Militar receber informação de que cerca de cinco homens, de posse de uma arma de fogo, teriam abordado duas mulheres, por volta das 22h26 desta segunda-feira, 13, na Rua Sousa Porto, Centro, em Araguaína-TO, onde roubaram delas 01 veículo GM Prisma, cor branca, 02 mochilas contendo materiais escolares e 02 aparelhos celulares, cartões do Banco do Brasil e Caixa, R$ 50,00 em dinheiro, além de documentos pessoais.

Os Policiais Militares realizaram diligências intensas e conseguiram visualizar o veículo que seguia em fuga pela BR 153 sentido Setor Barros, houve o acompanhamento do veículo e como o condutor não atendia as orientações sonoras para que parasse para uma abordagem e mantinha-se em fuga, próximo ao km 138, os Policiais Militares atingiram um dos pneus com um disparo de arma de fogo, forçando o infrator da lei a parar.

Ele abandonou o veículo e empreendeu fuga para dentro do mato, sendo perseguido pelos Policiais Militares, ocasião em que o infrator da lei se chocou em uma estaca de cerca, vindo a cair e também se lesionar na região da cabeça. Foi constatado que se tratava de um homem de 24 anos, os Policiais Militares deram-lhe voz de prisão e o conduziu juntamente com o veículo recuperado para a DP de Plantão onde foi devidamente autuado por roubo.

As equipes da Polícia Militar continuaram em diligência na perpectiva de localizar e capturar os demais infratores da lei e na manhã desta terça-feira, 14, obtiveram êxito. Os outros quatro homens foram localizados e capturados na Rua Porto Alegre, Setor Brasil, em Araguaína-TO. Verificou-se que se tratavam de quatro adolescentes dois de 17, um de 16 e um de 15 anos. Eles estavam de posse do simulacro de arma de fogo utilizado para o roubo, a bolsa e o aparelho celular de uma das vítimas, mais quatro aparelhos celulares de origem duvidosa e documentos pessoais que foram apresentados na DP de Plantão juntamente com os quatro adolescentes para as providências cabíveis.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.