Equipes da Delegacia Especializada em Investigações Criminais – DEIC, região Norte, efetuaram, em Araguaína, a prisão de P. H. S. S, 21 anos, suspeito de tráfico e associação para o tráfico. A prisão foi resultado da continuidade de diligências empreendidas após a apreensão de sua companheira, adolescente que auxiliava na traficância, por volta de 13h, no Setor Nova Araguaína. O suspeito, que é também o proprietário das drogas apreendidas no início da tarde pela Polícia Civil na região, foi encaminhado à Central de Atendimento local, para autuação da prisão em flagrante.

Entenda o caso

Policiais civis da DEIC Norte apreenderam no início da tarde desta quarta-feira, 1°, uma adolescente suspeita de envolvimento com tráfico de drogas. A apreensão foi resultado de investigações da unidade especializada, após levantamento de indícios da associação para o tráfico de drogas por indivíduos do Setor Nova Araguaína, que atuariam em duas residências na região.

Durante as buscas nos locais, ao notar a presença das equipes da DEIC Norte, grande parte dos suspeitos empreendeu fuga. No entanto, uma adolescente, companheira de um dos investigados, foi apreendida. “A adolescente foi conduzida até a unidade policial, tendo em vista que as investigações apontaram que ela também os auxiliava na traficância”, destacou o delegado Alexander Pereira da Costa.

Na Central de Atendimento da Polícia, foi registrado um Boletim de Ocorrência Circunstanciado – BOC e a adolescente foi entregue aos pais e familiares, sob o termo de compromisso perante a Justiça .

Segundo o delegado José Anchieta de Menezes, uma quantidade significativa de droga, substância análoga à maconha, também foi apreendida pelos policiais civis nas residências dos traficantes. “Entendemos que a operação de hoje é mais uma ação efetiva da Polícia Civil no combate ao narcotráfico na região Norte do estado”, afirmou.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.