Vice-governador Wanderlei Barbosa / Foto: Governo do TO

O vice-governador do Tocantins, Wanderlei Barbosa, comemorou a notícia da autorização da continuidade da janela de plantio de sementes de soja nas várzeas tropicais tocantinenses na região que compreende os municípios de Lagoa da Confusão, Pium, Formoso do Araguaia, Guaraí e Dueré.

No dia 19 de fevereiro deste ano, o vice-governador, acompanhado do Secretário da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), César Hallum, se reuniram em Brasília, com a Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, na busca da manutenção da excepcionalidade dessa área para a produção de sementes de soja durante o vazio sanitário.

“Uma grande notícia para o Tocantins, manter região produtora de sementes de alta qualidade. Importante conquista que ganha musculatura para os sojicultores e para as pesquisas cientificas”, afirmou o Vice-governador.

O Vice-governador lembrou que o Tocantins, além de ser um dos grandes produtores de sementes no País, é um dos únicos estados da federação que possui autorização do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para cultivo de soja para essas finalidades nesse período. “É uma alegria imensa demonstrar o compromisso do Governo do Estado e o apoio do Governo Federal com o produtor rural, isso nos dá a certeza de que o Tocantins continua avançando muito”, destacou Wanderlei Barbosa.

A expectativa do Governo do Tocantins é que se repitam os números do ano passado quando foram plantados 62 mil hectares, atendendo as condições de excepcionalidade para produção de sementes ou pesquisa. A Adapec monitora permanentemente toda a área plantada nas várzeas tropicais desde a semeadura até a colheita e orienta os produtores quanto à aplicação de fungicidas.

 

 

 

Comentários do Facebook