Após as investigações realizadas pela Polícia Civil do Tocantins, por meio da 6ª Divisão de Repressão ao Crime Organizado (6ª DEIC de Paraíso do Tocantins), o Ministério Público Estadual (MPE) promoveu arquivamento do inquérito policial sobre a morte de um servidor público do município de Dois Irmãos, localizado na região do Vale do Araguaia, ocorrido em novembro de 2020. Na ocasião, o homem de 58 anos foi encontrado desacordado e com ferimentos no seu imóvel.

De acordo com o delegado Hismael Athos, durante as investigações foi constatado por meio de perícia técnica e demais procedimentos investigativos, que o homem teria sofrido acidentes domésticos em sua residência devido a um suposto consumo de bebidas alcoólicas. “Há nos autos provas subjetivas que o servidor estava caído no centro da cidade e foi socorrido por dois moradores. Em ato contínuo, o homem foi deixado no seu imóvel e ficou na área do imóvel escorado na parede, em razão de não conseguir caminhar devido ao avançado grau de embriaguez”, ressaltou.

Após análise dos autos presentes no inquérito, o MPE promoveu o arquivamento do inquérito policial sendo homologado pela justiça por entender que não vislumbra existência de lastro probatório mínimo para sustentar eventual acusação penal.

Comentários do Facebook