A Assembleia Legislativa  do Tocantins deve anunciar nas próximas horas suspensão de suas atividades esta semana, mas ainda não divulgou oficialmente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Além do Governo do Estado ter determinado por meio de decreto, a suspensão pelo período de 16 a 20 de março de 2020, de todas as atividades educacionais nas unidades escolares da Rede Pública de Ensino e na Unitins, escolas particulares de Palmas também seguiram a determinação governamental.

O prefeito de Colinas, Adriano Rabelo também adotou medida de prevenção ao coronavírus, por meio do decreto nº 17/2020, que suspende as aulas na Rede Municipal de Ensino entre os dias, 16 e 20 desde mês.

Todos que suspenderam suas atividades alegam o mesmo  objetivo, reforçar medidas que colaborem na diminuição de aglomeração de pessoas.

 

 

 

 

Comentários do Facebook