Foto: Reproducão

A enfermeira Daniela Trezzi, 34, cometeu suicídio na Itália após receber diagnóstico do novo coronavírus. Ela temia contaminar outros pacientes e trabalhava sob forte estresse, segundo a Fnopi (Federação Nacional de Enfermeiros da Itália). Daniela atuava no setor de cuidados intensivos no hospital San Gerardo, em Monza, próximo a Milão, em uma das regiões mais afetadas pela pandemia na Itália.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Diagnosticada com coronavírus no dia 10, Daniela foi posta em quarentena, mas não estava sob vigilância em casa. As autoridades do país investigarão a morte da enfermeira. Segundo a imprensa italiana, ela sofria de problemas cardiovasculares, o que teria agravado o problema do coronavírus.

Ela trabalhava na linha de frente na unidade de terapia intensiva do Hospital San Gerardo, na Lombardia, região mais afetada pelo coronavírus. Segundo a Federação Nacional de Enfermagem, a profissional estava sob muito estresse devido ao alto número de vítimas. O estado piorou a partir do momento em que ela foi diagnosticada com a doença.(R7)

Comentários do Facebook