Governador participa de inauguração de unidade do grupo JBS no Tocantins
Governador participa de inauguração de unidade do grupo JBS no Tocantins
Governador participa de inauguração de unidade do grupo JBS no Tocantins

O mercado da carne bovina ganha novo impulso no Tocantins com a instalação de mais uma unidade frigorífica, filiada ao maior processador mundial de carnes – o Grupo JBS. O governador Marcelo Miranda participou da inauguração do empreendimento, realizada na manha deste sábado, 28, em Araguaína, a 390 quilômetros de Palmas. Na ocasião, o chefe do Executivo esteve acompanhado de deputados federais e estaduais, titulares de pastas no Governo e demais autoridades municipais.

Com o início das atividades previsto para a próxima segunda-feira, 02, o frigorífico vai gerar 600 empregos diretos, outros três mil indiretos e a capacidade de abater 700 cabeças de gado por dia, tornando-se um importante centro de distribuição de carne para toda a região Norte-Nordeste do País, como também para a Ásia e demais países estrangeiros.

De acordo com o governador Marcelo Miranda, a chegada do grupo JBS ao Tocantins se deu por meio de uma reunião realizada nos primeiros dias de sua gestão, onde foi firmada parceria, com o incentivo por parte do Governo do Estado na instalação da unidade frigorífica de Araguaína. “Toda a nossa equipe não mediu esforços na concretização deste grande empreendimento. Nós estamos trabalhando incansavelmente para impulsionar o crescimento econômico do nosso Estado. É isso que estamos fazendo”, ressaltou.

Sobre o Frigorifico

O empreendimento deve movimentar o mercado da carne bovina na região, com investimentos que passam de R$ 25 milhões. Com capacidade para realizar cerca de 21 mil abates por mês, o frigorífico faz parte de uma antiga aquisição do grupo JBS em Araguaína, cuja unidade estava fora de operação. De acordo com o presidente da divisão de carnes do grupo JBS, Renato Costa, após os investimentos na estrutura e o apoio do governador Marcelo Miranda, o Grupo pode celebrar a inauguração de sua primeira unidade frigorífica no Estado. “O Tocantins possui uma localização estratégica e estrutura logística muito boa, além de integrar uma posição importante no cenário da pecuária no Brasil. Era imprescindível a presença do grupo JBS no Estado”, afirmou.

Para Roberto Paulino, presidente do Sindicato Rural de Araguaína, o município possui cerca de mil pecuaristas e conta com um rebanho bovino de aproximadamente 450 mil cabeças de gado. De acordo com o presidente, a chegada do grupo JBS fortalece ainda mais o segmento na região, como também nos estados vizinhos. “Nosso rebanho já possui reconhecimento pela qualidade. Com a chegada do grupo JBS nós teremos mais facilidade na comercialização da carne de qualidade, inclusive na exportação para o comércio exterior”, assegurou.

Novos empregos

O trabalhador Joaquim Araújo Nascimento era operário em um frigorífico do grupo JBS em Goiânia (GO), mas a sua família ainda permanece no Tocantins. Com a notícia do novo empreendimento em sua terra natal, ele aproveitou a oportunidade da abertura da unidade em Araguaína e solicitou o deslocamento para a cidade onde sua família vive. “Logo que fiquei sabendo da abertura do frigorífico eu já procurei meus superiores e solicitei o deslocamento. Então participei de treinamentos lá em Goiânia e também aqui em Araguaína. Na próxima semana já começo a trabalhar”, afirma. Quem também está de novo emprego é o auxiliar de produção em abate, Valdinei Costa Ferreira. Vivendo na informalidade a quase dois anos, ele entregou curriculum no administrativo da unidade em Araguaína e imediatamente foi convocado. “Agora tenho um emprego com carteira assinada e a garantia de todos os benefícios sociais”, afirmou

 Carne do TO em números

Atualmente o Tocantins lidera o 11º lugar no ranking conta com um rebanho de mais de 8 milhões de cabeça de gado, o que se reverte em números e aquece a economia, gerando renda, mais empregos e novos postos de trabalho. Os principais mercados consumidores são: Rússia, Venezuela, Egito, Irã, entre outros.(secom)

Comentários do Facebook