A Polícia Militar prendeu, na noite de quarta-feira, 17,  e na madrugada desta quinta-feira, 18, nos Setores Central e Maracanã em Araguaína, três homens, dois com 18 anos e um de 21 anos, por tráfico de drogas e apreendeu dois adolescentes, de 15 anos, por ato infracional. Com os suspeitos foram localizados: doze tabletes de substância análoga à maconha juntamente com duas porções do mesmo entorpecente, um smartphone de cor azul, uma carteira contendo um valor pecuniário em espécie, uma balança de precisão, plástico filme e embalagens.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em uma primeira denúncia na noite de quarta-feira, 17, a guarnição deslocou até o Setor Central, onde dois indivíduos estavam em um veículo em atitude suspeita. Ao ser dada a ordem de parada o condutor do automóvel empreendeu fuga. Posteriormente com o segundo suspeito, um adolescente de 15 anos, foram encontrados: um aparelho celular de cor azul, uma carteira de bolso com R$ 700,00 em espécie, onze tabletes de substância análoga à maconha e uma porção pesando duzentos e cinquenta gramas do mesmo entorpecente.

Após informações via Sistema Integrado de Operações Policiais (SIOP), na madrugada desta quinta-feira, 17, as equipes de Força Tática juntamente com o Batalhão de Polícia de Choque (BPCHOQUE) deslocaram até o Setor Maracanã, onde foi realizada busca pessoal no primeiro suspeito, um homem de 18 anos. Ele estava de posse de uma pequena porção de substância análoga à maconha. Em seguida, na residência havia mais três suspeitos sendo eles, dois homens 18 e 21 anos e uma adolescente, 15 anos. Momento em que foram encontrados um tablete do mesmo entorpecente e insumos sugestivos de preparação para comercialização da droga, bem como uma balança de precisão, plástico filme e pequenas embalagens. Ao ser questionado, o primeiro suspeito, um jovem de 18 anos, informou que comprou a substância no valor de mil e quinhentos reais e que o homem, 21 anos, seria o revendedor.

Diante dos fatos, os três homens, os dois adolescentes, o material apreendido e os entorpecentes foram conduzidos à Central de Flagrantes de Araguaína, para os procedimentos legais cabíveis.

Comentários do Facebook