Foto ilustrativa – Divulgação Polícia Civil – Autor Dennis Tavares

Segundo a Delegada, o indivíduo abordou as crianças quando elas estavam a caminho da escola e, utilizando-se de uma faca, as coagiu a entrar em seu veículo. No interior do carro, o homem praticou atos libidinosos contra as meninas, deixando- as depois em outro local e as ameaçou de morte caso contassem sobre o fato a alguém.

Conforme apurado, as meninas chegaram em casa muito assustadas e, chorando, relataram para as mães o que havia acontecido. De imediato, as mães acionaram a polícia, que iniciou as buscas pelo suspeito. Policiais Civis e Militares participaram das buscas e localizaram o suspeito, que resistiu à prisão e ainda tentou ferir um agente com uma faca.

Ao ser levado para a Delegacia de Polícia de Itacajá, o fato chamou a atenção da população e mais de 100 pessoas se dirigiram à delegacia em um ato de revolta. Temendo um possível linchamento, a Delegada determinou a apresentação do preso ao delegado plantonista em Pedro Afonso.

A ficha do homem foi levantada e foi verificado havia em seu desfavor dois mandados de prisão em aberto por crimes de mesma natureza (estupro e estupro de vulnerável), ambos oriundos da Comarca de Goiânia.

O suspeito foi apresentado ao delegado de plantão Bernardo José Rocha Pinto, em Pedro Afonso, o qual lavrou auto de prisão em flagrante e cumpriu os referidos mandados de prisão. Em seguida, ele foi conduzido a Casa de Prisão Provisória de Guaraí, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.
Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.