Geisiane Costa Silva, 19 anos, acusada por tráfico de drogas
Geisiane Costa Silva, 19 anos, acusada por tráfico de drogas
Geisiane Costa Silva, 19 anos, acusada por tráfico de drogas

Sob o comando da Delegada Regional Olodes Maria Oliveira, agentes da Delegacia Especializada da Criança e do Adolescente – DECA, de Colinas do Tocantins, efetuaram na tarde desta quarta-feira, 26, a prisão em flagrante de Geisiane Costa Silva, 19 anos. Ela é acusada pela prática do crime de tráfico de drogas e foi presa em sua residência, por volta das 16hs.

A prisão da jovem é resultado de ação deflagrada Pela PC, no sentido de confirmar denúncias de que a suspeita se utilizava de sua moradia, para o comércio ilegal de substâncias entorpecentes.

Após monitoramento, os policiais constataram a movimentação de usuários de drogas, entrando e saindo da casa, que fica situada na Rua das Acácias, Setor Santa Rosa. Ao adentrar o imóvel e abordar os moradores, os agentes constataram o comportamento bastante agitado da mulher.

Os policias perceberam que havia algo de ilegal na residência e decidiram conduzir uma minuciosa busca no seu interior e imediações. Depois de alguns minutos, foi encontrado no cano de suspiro da fossa, uma embalagem plástica contendo 53 “cabeças” de “crack”, devidamente embaladas e prontas para venda.

Nesse momento, dois usuários chegaram ao local e afirmaram que estavam ali para comprar drogas de um indivíduo conhecido pelo nome de Melquezedeque, companheiro da acusada. Os homens afirmaram ainda, que tal procedimento era rotineiro e que o local era ponto de venda de drogas.

Em seu interrogatório, Geisiane confirmou que minutos antes do flagrante, teria vendido crack para algumas pessoas, porém alegou que a droga pertence ao seu companheiro, que ao tomar conhecimento da prisão da esposa, fugiu tomando rumo ignorado.

Melquezedeque já havia sido preso pela prática de dois roubos na cidade de Colinas e estava respondendo pelos crimes em regime aberto. Também pesa contra ele, uma investigação por tráfico de drogas, em curso na 2ª Delegacia de Polícia Civil, naquele município.

(ascom ssp)

Comentários do Facebook