Araguaína/Foto: Marcos Sandes

Os moradores de Araguaína começam 2022 pagando a taxa de iluminação pública mais cara. A prefeitura reajustou, via decreto, a Contribuição de Iluminação Pública – CIP em média 10,7%.

O decreto assinado pelo prefeito Wagner Rodrigues foi publicado no Diário Oficial do Município (DOM) do último dia 31 de dezembro. Para o aplicar o reajuste, o município aplicou o índice do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) no período de dezembro de 2020 a novembro de 2021, que foi 10,74%.

A CIP de Araguaína é cobrada de acordo com a faixa de consumo e com a nova atualização, os clientes residenciais pagarão a partir de janeiro de R$ 6,82 a R$ 34,13. Até o ano passado, a taxa variava de R$ 6,16 a R$ 30,82.

O tributo segue isento para os clientes que consomem até 50/KWh.

Já os comerciantes, que também contribuem forma progressiva, as taxas variam de R$ 34,13 a R$ 68,24. O valor depende do consumo da empresa. (Por: Ramila Macedo/AN)

Comentários do Facebook