Ministério Público

Os candidatos e os profissionais envolvidos no 10º Concurso para Promotor de Justiça Substituto, incluindo aplicadores, fiscais e demais pessoas presentes nos locais em razão do evento, precisarão apresentar comprovação da vacinação contra Covid-19. Esse requisito será válido já para as provas objetiva e subjetivas, que serão aplicadas, respectivamente, neste sábado, 29, e domingo, 30, em Palmas.

A exigência foi estabelecida pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) na terça-feira, 25, sendo válida para todos os locais de prova onde houver mais de 200 pessoas. Conforme a determinação, deverá ser apresentada comprovação (em formato físico ou digital) referente à primeira dose da vacinação ou à dose única.

Um edital com esta regra suplementar foi publicado no Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público do Tocantins nº 1.383 e constará no site do Cebraspe e na página do concurso no Portal do MPTO.

Outras medidas

Ao contratar o Cebraspe como banca organizadora do concurso, o MPTO exigiu contratualmente a adoção de medidas voltadas a evitar a transmissão do novo coronavírus nos locais de prova. Portanto, a nova regra soma-se a outras já estabelecidas no Edital nº 3 do certame, incluindo a exigência do uso de máscaras de proteção, a verificação de temperatura, o distanciamento adequado e o controle de entrada e saída nos locais de prova a fim de evitar aglomeração, entre outras medidas.

Horário das provas

A prova objetiva será aplicada no sábado, 29, a partir das 14h; e as discursivas no domingo, em dois horários, a partir das 8h e das 15h. O horário de entrada deve ser observado pelos candidatos no cartão de confirmação do local de prova.

número maior de vacinados contra a covid-19 é preciso ir de casa em casa e os agentes de saúde são protagonistas nessa missão. “A gente precisa buscar a nossa população, é realmente voltar para aquela busca do agente de saúde em cada residência, verificando se naquele domicílio ainda tem algum cidadão que não foi vacinado, saber qual motivo dele se recusar a vacinar. É preciso também intensificar a divulgação nas redes sociais dos municípios sobre a importância da vacinação. As medidas de distanciamento também são importantes, mas já foi comprovada a eficácia e efetividade da vacinação contra a covid-19. Então, nesse momento, é necessário ter o olho a olho com o cidadão e ir de casa em casa falando sobre a importância de se imunizar”, ressalta.

O governador em exercício, Wanderlei Barbosa, reforça que só teremos sucesso na luta contra a covid-19 se o Estado e os municípios atuarem juntos. “O Estado está à disposição dos municípios para ajudar nas campanhas de vacinação. Precisamos juntos conscientizar nossa população. À medida que a vacinação foi avançando, reduzimos os casos de internação e o número de mortes, além disso, a vacina ameniza os sintomas caso a pessoa mesmo vacinada venha contrair o vírus. Isso mostra que a vacina é sim eficaz. Então, só nos resta fazer a nossa parte, tomar todas as doses recomendadas, pois se trata de saúde pública e só assim iremos vencer o Coronavírus”, ressalta.

Municípios

Os dez municípios que mais se destacam com a população imunizada com as duas doses são: Tabocão (79,63%); Chapada de Areia (76,03%); Nazaré (73,66%); Taipas do Tocantins (71,01%); Crixás do Tocantins (70,43%); São Félix do Tocantins (69,21%); São Valério da Natividade (69,01%); Bernardo Sayão (68,88%); Colmeia (68,53%) e Oliveira de Fátima (68,52%).

Comentários do Facebook