Hospital de campanha em Belém - Foto: Estadão

A cidade de Faro no Estado do Pará entrou em colapso na área da saúde com a falta de oxigênio para atender pacientes acometidos pela Covid-19.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo a prefeitura, seis pessoas morreram nas últimas 24 horas por asfixia, leitos e medicamentos também estão em falta. O município fica na divisa com o Estado do Amazonas. A situação mais preocupante é na comunidade de Nova Maracanã, onde pelo menos 34 pacientes estão hospitalizados.

A Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (SESPA) emitiu nota onde informa que no Estado duas empresas são responsáveis pelo fornecimento de oxigênio, White Martins e Air Liquide. Somente a empresa White Martins produz atualmente 58 mil m3 por dia, quantidade suficiente para o abastecimento de todo o Estado.

A Sespa esclarece, ainda, que é responsabilidade das secretarias municipais de Saúde a manutenção de contratos e a aquisição do produto para abastecimento local._

Comentários do Facebook