Araguaína Tocantins

O subtenente da Polícia Militar, detido no último sábado (18), por suspeita de furtar R$ 8 mil de dentro de um carro durante abordagem, teve a prisão em flagrante convertida em preventiva, após audiência de custódia. Isso significa que não há prazo para ele ser solto. O nome dele não foi divulgado.

A PM informou que o militar continua preso no 2º Batalhão da Polícia Militar em Araguaína. Disse ainda que está iniciando o procedimento investigativo sobre o caso.

O furto teria ocorrido durante abordagem na TO-222. Segundo a nota enviada pela PM, a vítima percebeu a falta do dinheiro e procurou o comandando da corporação na cidade. O subtenente, ainda de acordo com a nota, confessou o furto ao ser questionado pelo comando. O dinheiro foi localizado próximo ao local em que o veículo tinha sido abordado.

O militar preso ingressou na instituição em 1993 e atualmente é lotado no Batalhão de Polícia Militar Ambiental. Em nota, a PM disse que “este tipo de conduta é inaceitável na instituição, sendo amplamente combatida e rigorosamente fiscalizada”. Disse ainda que lamenta profundamente o fato e reafirma o compromisso de regular sua conduta e dedicar-se a segurança do cidadão. (G1)

Comentários do Facebook