Érika, Luiza, Izabela, Afonso e Maria Eduarda: pais e filhas morreram em um acidente rodoviário

Uma família inteira morreu após um grave acidente ocorrido na manhã de domingo (12) em uma estrada mineira. O casal e as três filhas eram moradores do interior de São Paulo e retornavam de uma viagem a um pequeno município da Paraíba, cidade-natal do pai, que retornava ao local após 30 anos. Até então única sobrevivente da batida faleceu nesta segunda (13).

O acidente ocorreu, segundo o Corpo de Bombeiros, por volta das 6h30 de ontem na BR-116, na altura de Itaobim, no Vale do Jequitinhonha mineiro. A suspeita da Polícia Rodoviária Federal de Minas Gerais (PRF-MG) é de que a mãe das meninas tenha dormido ao volante antes de invadir a contramão e bater de frente com um caminhão.

O veículo no qual eles estavam ficou desfigurado. Érika Cristina de Araújo, de 38 anos; o marido Afonso da Silva Gomes, 48; e a filha Luiza Cristina de Araújo Gomes, 11, morreram na hora. A mais velha, Isabela Caroline Araújo Gomes, 18, faleceu pouco após dar entrada em uma unidade saúde, ainda ontem. Na manhã de hoje, Maria Eduarda Araújo, 15, não resistiu aos ferimentos e também morreu. O motorista do caminhão nada sofreu.(Felipe de Souza)

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.