A senadora Katia Abreu (PDT) se reuniu neste sábado, 12, no Rio de Janeiro, com Joaquim Levi, presidente do BNDES e ex-ministro da Fazenda.  No encontro trataram da infraestrutura do MATOPIBA,  com destaque para a constrição da BR-235 e  custos da operação da ferrovia Norte-Sul.

Após  o encontro, Kátia demonstrou entusiamo com o interesse de Levi quanto a viabilidade de financiamento da BR-235 pelo BNDES, num custo aproximado de R$ 400 milhões para a obra dos trechos entre o sul do estado do Piauí até a cidade de Pedro Afonso, no Tocantins; e de lá ate o Pará, passando por Araguacema.

“Joaquim Levi entende a importância dessa rodovia e vê total possibilidade de financia-la. Esta estrada é também uma prioridade do Governador Mauro Carlesse.”,informou Kátia
Abreu .

Sobre a Norte-Sul, Kátia e o presidente do BNDES entendem que os custos de operação da ferrovia estão muito altos, segundo a senadora, “praticamente o preço do transporte por caminhão, o que não justifica os investimentos.”

Trecho Palmas/Anápolis

A licitação para operação da Norte-Sul, trecho Palmas (TO) até  Anápolis (GO) foi  outro tema do encontro entre Katia Abreu e Joaquim Levi.

Ela explicou que, além  disso, o Presidente do BNDES entende que a construção de braços da ferrovia buscando produção para a Norte-Sul são fundamentais.

Comentários do Facebook