“Andei 600 km para vir ver essa felicidade a mais para o meu filho” relatou, emocionada, dona Júlia Labre Rodrigues, mãe do procurador-geral do Ministério Público de Contas do Estado do Tocantins (MPC/TO), Zailon Miranda Labre Rodrigues, ela se referiu a longa viagem de Araguatins até a capital Palmas, para ver o filho receber o título de Cidadão Palmense da Câmara Municipal da Capital. A sessão solene aconteceu na manhã desta quinta-feira, 7, durante a qual nove pessoas foram homenageadas. A honraria é destinada a personalidades que ajudaram no desenvolvimento da cidade.

O autor do projeto que concedeu o título, vereador Milton Néris, falou sobre os serviços prestados pelo procurador-geral a Palmas. “Ao fiscalizar a aplicação dos recursos públicos, o procurador-geral faz justiça para a população. Essa homenagem se estende aos membros e servidores do MPC/TO e da Corte de Contas pelo excelente trabalho na fiscalização, além de nos orientar para melhor conduzir o dinheiro público”, disse.

Para o procurador-geral, o título é um reconhecimento da sociedade palmense pelas ações do MPC/TO. “Agradeço, primeiramente, à minha mãe e todos os seus ensinamentos. Tenho conhecimento da importância e a responsabilidade em receber essa honraria, pela luta constante em tornar essa cidade um lugar melhor”, pontuou.

Além da família do procurador-geral, prestigiaram também na homenagem, o conselheiro Alberto Sevilha, o conselheiro Napoleão de Souza Luz Sobrinho, a procuradora Litza Leão Gonçalves, a procuradora Raquel Medeiros Sales de Almeida, o procurador José Roberto Torres Gomes e o procurador Marcos Antônio da Silva Módes.

Também receberam o título de Cidadão Palmense, a presidente da Federação das Apaes do Tocantins, Marciane Machado Silva, o assistente social Raimundo Carlos Pereira da Silva, o ex-deputado federal e presidente do Sindicato Rural de Palmas, Antônio Jorge Godinho, os padres João Camilo Macário e Paulo Cristiano Luz Frade, a pastora Neuza Maria da Silva e o mestre de obras Raimundo Florentino Gois.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.