Nível do rio Tocantins em Tocantinópolis baixou e turistas fazem travessia de trecho a pé

A possibilidade de Transposição do Rio Tocantins será tema de discussão nos municípios de Peixe, Miracema e Tocantinópolis. O pedido é do deputado estadual Wanderlei Barbosa (SD), que apresentou na sessão vespertina desta quarta-feira, 29, requerimento, em caráter de urgência, solicitando a realização de Audiências Públicas nas três cidades.

De acordo com o parlamentar, a apresentação da matéria foi motivada pela preocupação da população tocantinense, tendo em vista, principalmente nas regiões citadas, onde os rios sofreram bastantes impactos com a estiagem deste ano e seu volume de água reduzido, chegando a demonstrar o leito dos rios seco em alguns pontos.

O deputado lembrou que, percorrendo os municípios nos últimos meses, presenciou que era possível atravessar o leito de alguns rios a pé e até mesmo de carro, como o Rio Manoel Alves, no Povoado Apinajé, entre Santa Rosa e São Valério. “Bacias como o Manoel Alves e várias outras, são bacias que formam o grande rio Tocantins”, afirmou.

Para o parlamentar, é preciso manter todos os rios vivos. “Vamos nos unir pela rejeição deste projeto inviável e agressivo ao nosso Rio Tocantins”, disse.

Entenda

A proposta de transposição do rio Tocantins para o São Francisco,no Nordeste, é de autoria do deputado federal Gonzaga Patriota (PSB-PE), foi aprovada pela Câmara dos Deputados no dia 30 de outubro na Comissão de Constituição e Justiça, que agora tramita no Senado Federal.

O tema tem criado muita polêmica e sido alvo de várias críticas da população tocantinense, que será diretamente impactada com a transposição e vem presenciando todos os anos a redução alarmante no volume de água do Rio Tocantins.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.