SONY DSC

Por maioria de votos, totalizando 97,69%, os sindicalizados presentes na Assembleia Geral deste sábado, dia 16, aprovaram o Parecer Técnico do Conselho Fiscal a respeito das Contas do Exercício de 2016, da Diretoria Executiva do SISEPE-TO. Os conselheiros fiscais consideraram, por unanimidade, regulares as contas do Sindicato, recomendando a aprovação por parte da Assembleia Geral.

Conforme estabeleceu o Edital de Convocação, a Assembleia iniciou às 16 horas, em 1ª convocação e como não havia quorum suficiente, foi reaberta às16h30, em 2ª convocação.

O vice-presidente do Conselho Fiscal, Domingos de Souza Santos, juntamente com o conselheiro fiscal, Cleuto Gonçalves Lino presidiram a Assembleia Geral de Prestação de Contas do exercício 2016.

Os sindicalizados presentes puderam acompanhar a prestação de contas através de uma cartilha impressa que foi distribuída a cada um. Os Conselheiros Fiscais também apresentaram os dados por meio de slides em data show.

Com a apresentação os sindicalizados puderam conhecer dados sobre o Balanço Patrimonial, Demonstração do Superávit e do Déficit do Exercício, Demonstração dos Fluxos de Caixa, Demonstração das Mutações do Patrimônio Social, Carta de Responsabilidade da Administração, Notas Explicativas, Pareceres mensais de Janeiro a Dezembro de 2016 e o Parecer Técnico Anual.

O Conselho Fiscal, democraticamente, abriu espaço para que os sindicalizados pudessem se posicionar a favor ou contra a prestação de contas e foi colocado para deliberação quantos sindicalizados teriam direito à fala e o tempo para cada um. Foi decidido pela maioria absoluta que, no máximo, 4 sindicalizados poderiam se manifestar, sendo 2 favoráveis e 2 contrários, com 2 minutos de tempo de fala para cada um.

Para o presidente do SISEPE-TO, Cleiton Pinheiro, a prestação de contas revela transparência na gestão. “Nossa diretoria presta contas ao Conselho Fiscal mensalmente e também a todos os sindicalizados anualmente nas Assembleias Gerais que são exigência do Estatuto.” Declarou o presidente.

ESTATUTO

A Assembleia de prestação de contas é realizada todos os anos, sendo uma exigência do Estatuto do SISEPE-TO, que em seu artigo 22 determina que “As Assembleias Ordinárias reunir-se-ão anualmente, sempre no mês de dezembro, competindo-lhes:

I – apreciar e deliberar aprovando ou rejeitando o parecer técnico anual do Conselho Fiscal referente à gestão financeira do exercício anterior, demonstrada através do balanço patrimonial e demais demonstrações financeiras.”

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.