Suspeito de cometer estupro de vulnerável é preso pela Polícia Civil no Extremo Norte do Estado

A Polícia Civil do Tocantins deflagrou, no fim da tarde da ultima terça-feira, 5, em Praia Norte, uma ação de combate à criminalidade, a qual resultou na prisão de Haelson Nonato da Silva, de 39 anos. Ele é suspeito pela prática do crime de estupro de vulnerável e foi preso por policiais civis das Delegacias de Praia Norte e Augustinópolis e da Delegacia da Mulher, mediante cumprimento de mandado de prisão preventiva.

De acordo com os policiais civis da 10ª Regional, Haelson responde a processo criminal na Comarca de Augustinópolis, pela prática do crime de estupro de vulnerável, praticado contra sua própria enteada, uma criança, que à época dos fatos, tinha apenas nove anos de idade. Ainda segundo apontaram as investigações da Polícia Civil, os abusos aconteceram por alguns anos e, quando a vítima estava com 12 anos de idade.

As investigações foram iniciadas após a mãe da criança, comparecer à Delegacia de Praia Norte e relatar os fatos, inclusive, apresentando um exame de DNA, conformando que a garota havia engravidado do suspeito e tido um filho com o suspeito. Desta maneira, os policiais civis deram início às investigações e, posteriormente após confirmar os fatos, foi requerida a prisão preventiva do homem, a qual foi deferida e cumprida, nesta terça-feira, quando Haelson se encontrava no Povoado Camarão I, zona rural de Praia Norte.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.