Foto: Divulgação

O resultado das eleições só seria divulgado após a publicação oficial do Confea. Na última sexta-feira 15, os profissionais tiveram de 09h às 19h (horário local) para votar nos candidatos e escolher os representantes do Sistema Confea/Crea e Mútua. Em todo o país os eleitores votaram nos candidatos a Presidente do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) e no presidente do respectivo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia, aqui no estado o Crea-TO; bem como no Diretor Geral da Mútua – Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea; apenas os mutualistas votaram também para diretor administrativo da Mútua.

O Engenheiro Civil Marcelo Costa Maia, foi reeleito para o cargo de presidente do Crea-TO durante o triênio de 2018/2020. A disputa foi acirrada, mas o processo eleitoral correu tranquilamente. Quem irá assumir o cargo de Diretor Geral da Mútua é o Engenheiro Ambiental Itamar Xavier da Silva. Já para Diretor Administrativo será o Engenheiro Civil Cezar Almeida.

Candidatos

Concorriam a presidência do Crea-TO os Engenheiros Civis León Gregório Siqueira Gomes, Aldo Mário Simonassi Júnior, Jefferson Jaime Cassoli e Marcelo Costa Maia. Estavam na disputa para o cargo de Diretor Geral da Mútua os Engenheiros Ambientais Cassius Ferreira Gariglio e Itamar Xavier da Silva. Bem como para Diretor Administrativo estavam concorrendo o Engenheiro Civil Cezar Almeida e Engenheiro Agrônomo Luis Henrique Michelin. Para presidente do Confea os candidatos eram os Engenheiros Civis Joel Kruger, Jobson Andrade, José Ribeiro, Uburatan Barros e o Engenheiro Eletricista Murilo Pinheiro.

Processo Eleitoral 2017 – Tocantins

Os profissionais que votaram se dirigiram até um dos pontos de votação nas cidades de Palmas, Araguaína, Augustinópolis, Colinas, Dianópolis, Guaraí, Gurupi, Porto Nacional e Paraíso, portando documento de identificação civil ou profissional com foto. As urnas eletrônicas foram dispostas nesses locais para a votação, apenas os mutualistas, após terem votado em todos os candidatos, votaram no candidato a Diretor Administrativo da Mútua.

A Comissão Eleitoral Regional (Cer) fez uma divulgação durante todo período eleitoral para instruir os profissionais sobre a votação, e de acordo com a Resolução nº 1.021, de 22 de junho de 2007, só estariam aptos a votar os profissionais registrados no Conselho e em dia com as obrigações perante ao Sistema Confea/Crea até o dia 14 de novembro. As eleições foram organizadas com fiscais e mesários para que tudo corresse normalmente.

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.