A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (DEIC) Núcleo Norte efetuou, na manhã desta quinta-feira, 24, por volta das 10 horas da manhã, a prisão de Marco Aurélio Cavalcante Ribeiro, de 37 anos de idade. Ele capturado, mediante o cumprimento de um mandado de prisão preventiva, expedido pela Comarca de Goiatins, pela prática do crime de tentativa de estupro, quando se encontrava em Araguaína.

Conforme o delegado José Anchieta de Menezes Filho, responsável pelo caso, em 2013, o indivíduo teria tentado estuprar uma dona de casa de 21 anos, quando a mesma se encontrava dormindo em sua residência, localizada na zona rural da cidade de Goiatins. No entanto, o suspeito não conseguiu consumar o ato porque a mulher gritou por socorro, fazendo com que o agressor fugisse.

Na semana passada, agentes da Deic juntamente com policiais civis do Grupo de Operações Táticas Especiais (GOTE) foram até uma fazenda de propriedade de Marco Aurélio a fim de investigar denúncias de que ele possuía armas de fogo, em sua casa e estaria ameaçando e intimidando moradores da região. Ao chegar à propriedade, os agentes não encontraram o suspeito, mas após uma minuciosa busca realizada no interior de sua residência, os policiais civis localizaram e apreenderam uma espingarda calibre 20, municiada com vários cartuchos intactos.

Diante dos fatos, Marco Aurélio foi indiciado por posse ilegal de arma de fogo e munição. Ainda de acordo com o delegado, o suspeito já responde a outros processos pela prática de crimes diversos e, após os procedimentos cabíveis, foi recolhido à carceragem da Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA), onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.