Após intervenção do MPE Banco do Brasil credita R$ 156 milhões nas contas do Governo do Estado
Após intervenção do MPE Banco do Brasil credita R$ 156 milhões nas contas do Governo do Estado

O Procurador-Geral de Justiça, Clenan Renaut de Melo Pereira, recebeu nesta sexta-feira, 18, a visita do Superintendente Estadual do Branco do Brasil no Tocantins, Edvaldo Souza. Na ocasião, o representante da instituição financeira comunicou que foram creditados nas contas do Governo do Estado mais de R$ 156 milhões, referentes aos repasses atrasados de financiamento firmado junto ao banco.

Em outubro, o Ministério Público Estadual abriu procedimento administrativo e solicitou informações acerca do atraso da segunda parcela do financiamento, que deveria ter sido paga em dezembro de 2014. “Este montante permitirá regularizar pendências de prestadores de serviços junto ao Estado, além de outras inadimplências, ocasionadas pelo atraso dos recursos. Agradeço o empenho e a agilidade da superintendência estadual do banco na busca de solução para o entrave”, destacou Clenan Renaut.

Para Edvaldo Souza, a iniciativa do MPE foi determinante para que a liberação dos recursos acontecesse de forma célere. “O Banco do Brasil estava empenhado em viabilizar o crédito. O Ministério Público Estadual contribuiu com o processo, acelerando a liberação dos recursos”, finalizou o superintendente.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.