Foram publicados esta semana no Diário Oficial Eletrônico do Ministério Público Estadual (DOE/MPE) os extratos dos termos de cessão de uso do sistema Athenas” para algumas Defensorias Públicas da região Norte e Nordeste do Brasil. A partir de agora, as Defensorias Públicas dos Estados do Maranhão, Paraíba, Piauí, Roraima, Rondônia e Sergipe passam a utilizar o software criado pelo departamento de tecnologia da informação do MPE, que já é uma referência nacional na gestão estratégica.

O Sistema Athenas foi criado no ano de 2010, voltado para a gestão estratégica da área administrativa e finalística. Possui módulos integrados que possibilitam o gerenciamento de recursos humanos, folha de pagamento, patrimônio, documentos eletrônicos, protocolo, extrajudicial e de outras áreas importantes para a organização institucional.

Para o Procurador-Geral de Justiça, Clenan Renaut de Melo Pereira, o reconhecimento do Athenas como ferramenta segura na gestão das instituições é resultado da dedicação dos servidores e investimentos da gestão do MPE na área tecnológica. “O sistema é um patrimônio do MP do Tocantins. É uma honra poder levar o Athenas para outras instituições e poder contribuir com a otimização da gestão administrativa e simplificação dos trâmites burocráticos”, disse Clenan Renaut.

Além do MP de Roraima, o Sistema Athenas já está em funcionamento nos Estados de Amazonas, Ceará, Piauí e Alagoas. Ele foi adotado, também, pelo Tribunal de Contas do Estado do Tocantins, Defensoria Pública Estadual do Tocantins e em breve será implantado no Ministério Público Militar.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.