Foto: Divulgação

A prática de sexo oral em mulheres faz bem a saúde de quem recebe e também de quem faz, aponta um estudo publicado por um grupo de pesquisadores da State University of New York, nos Estados Unidos. De acordo o Ibahia, a pesquisa acompanhou os hábitos sexuais de mais de 150 casais héteros e lésbicos norte-americanos.

Na prática, os participantes foram separados em dois grupos, onde o primeiro praticava frequentemente sexo oral e o segundo apenas de forma limitada. Após análise, os pesquisadores notaram diferenças significativas nos níveis de estresse, ansiedade, qualidade de sono e intimidade entre as participantes.

O grupo que realizava mais sexo oral conseguiu melhor resultado por conta da liberação dos hormônios ocitocina e DHEA durante o sexo. Essas substâncias inclusive agem contra doenças como câncer e problemas cardíacos.(BahiaNotícias)

 

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.