Rio Araguaia

Guerra do Araguaia denuncia e reconstitui o massacre de 69 pessoas que faziam parte da Guerrilha do Araguaia, ocorrida entre 1972 e 1974, na floresta amazônica no sul do Pará.

Pela primeira vez, militares assumem seus crimes e descrevem em detalhes como mataram dezenas de pessoas a sangue frio. Neste conflito, houve a maior mobilização de tropas no Brasil desde a Guerra do Paraguai e a Segunda Guerra Mundial; as forças militares utilizaram cerca de sete mil homens para combater e eliminar os guerrilheiros.

A série em três episódios estreia neste domingo, 12, no Canal Cenebrasil TV, com roteiro e direção do cineasta do Tocantins Hermes Leal.

A série reconstrói cronologicamente os sete anos de conflito na região com depoimento de militares e guerrilheiros, com a narrativa do ator Paulo Betti a série revela como era os treinamentos, as campanhas militares e os combates.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.