Foto: SSP/TO

A Polícia Civil deflagrou, na manhã desta quarta-feira, 29, em Paraíso, uma ação conjunta de combate à criminalidade, a qual resultou na prisão de Luis Fernando Correia, de 20 anos, também conhecido como “Folha” ou “Sem Noção”.

Luis Fernando é suspeito de integrar uma facção criminosa que age nos estado do Tocantins e foi capturado, mediante cumprimento de mandado de busca e apreensão, quando se encontrava em sua residência, em Paraíso do Tocantins.

De acordo com as investigações realizadas pela equipe da 1ª Delegacia de, sob a coordenação do delegado Alberto Geofre Wanderly Filho, Luis Fernando é apontado como membro de uma facção criminosa e fornecedor de armas e drogas na região e foi capturado, mediante cumprimento de mandado de busca e apreensão quando se encontrava em sua residência, em Paraíso do Tocantins.

Ainda segundo investigações o indivíduo é o principal suspeito de fornecer armamento para o roubo praticado contra a loja “A Caiçara”, localizada na Avenida Bernardo Sayão, centro da cidade, e para a tentativa de homicídio contra três vítimas, próximo a uma danceteria daquela cidade.

Durante as buscas na residência de Luis Fernando, foram encontrados escondidos, uma arma de fogo de fabricação artesanal e doze pedras de Crack, pesando cerca de 64 g no total, além de dinheiro e um aparelho celular do autor.

Conforme o delegado Paulo Henrique Gomes Mendes, responsável pela ação; “Há fortes indícios da participação de Luis Fernando como partícipe dos crimes de roubo e da tripla tentativa de homicídio, no que tange ao fornecimento de armas. Com sua prisão, fechamos as investigações de maneira definitiva sobre esses dois crimes”.

Luis Fernando foi preso em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo de uso permitido e, após os procedimentos legais cabíveis, foi encaminhado à Casa de Prisão de Paraíso local, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Compartilhar

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: jornalismo@nortedotocantins.com.br que iremos analisar.